Vendedor em Sinop recebe PIX de R$ 275 mil por engano e procura empresa para devolver

Um morador do Jardim Florença, em Sinop, procurou a Polícia Civil depois de receber R$ 275 mil, via PIX, em sua conta bancária. O vendedor relatou que a transferência foi efetuada na última sexta-feira (1) em nome de uma empresa do ramo agrícola.


O homem narrou à Polícia Ciivl que o PIX foi enviado indevidamente, já que não tinha nenhuma relação com a empresa. Ele contou ainda que procurou dados da corretora de grãos na internet e descobriu um número de telefone para entrar em contato. Porém, estranhou que a ligação tenha caído direto no departamento financeiro e, por esse motivo, desligou.



O vendedor também relatou foi procurado, posteriormente, por duas pessoas, que se identificaram como funcionários da empresa para que estornasse o valor da operação. Por temer a “origem do valor” e suspeitando se tratar de uma situação irregular, procurou a polícia.

Ao G1, um supervisor da corretora de grãos informou que ocorreu um erro na digitação no momento de efetuar a transferência. Segundo ele, o objetivo era efetuar o pagamento de um fornecedor.

Posteriormente, o vendedor devolveu o dinheiro à empresa, que tem sede no Setor Industrial, em Sinop, e recebeu uma recompensa de R$ 3 mil.

Só Notícias/Herbert de Souza e Lucas Torres, de Sorriso (foto: Só Notícias/Guilherme Araújo)