Vantagem de Lula sobre Bolsonaro é de 6 pontos, diz PoderData

A vantagem do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) sobre Jair Bolsonaro (PL) na corrida pelo Planalto está em 6 pontos percentuais. O petista tem 43% contra 37% do atual presidente na simulação de 1º turno, segundo pesquisa PoderData realizada de 17 a 19 de julho. Essa diferença de 6 pontos é a menor registrada entre Lula e Bolsonaro desde abril de 2022, quando começaram a ser sentidos de maneira mais vigorosa os efeitos da alta da taxa de inflação e dos preços dos combustíveis. Faltam 74 dias para a eleição de 2 de outubro.


Os 2 candidatos tiveram variações dentro da margem de erro do levantamento (de 2 pontos percentuais) nos últimos 15 dias: Lula oscilou de 44% para 43%; Bolsonaro variou de 36% para 37%.



Ainda que sejam oscilações na margem de erro, é importante analisar a curva longa do PoderData, único estudo realizado a cada 15 dias com 3.000 pessoas em todo o Brasil. A trajetória de Lula e de Bolsonaro permite ver uma gradual aproximação entre o petista e o atual presidente nas últimas semanas.

A pesquisa já estava sendo realizada quando Bolsonaro falou a embaixadores estrangeiros em Brasília, na 2ª feira (18.jul.2022), criticando as urnas eletrônicas e ministros do Supremo Tribunal Federal. A reação de autoridades no Judiciário, Ministério Público e grande parte da mídia foi negativa.


Os entrevistados pelo PoderData assistiram a tudo isso e a pesquisa reflete o impacto desse episódio –que parece ter sido quase nulo. Esta pesquisa do PoderData também é a 1ª depois de ter sido promulgada a Emenda Constitucional nº 123, conhecida como PEC das bondades por aumentar de R$ 400 para R$ 600 o valor do Auxílio Brasil, além de criar um voucher de R$ 1.000 para caminhoneiros, dobrar o valor do vale-gás e criar um benefício específico para taxistas. Nos últimos 15 dias também houve a queda do preço da gasolina nos postos. O dinheiro desses benefícios chegará ao bolso dos eleitores só em meados de agosto, mas o noticiário a respeito dessa novidade foi intenso nos últimos dias.