Tapurah: Fisioterapeuta é preso acusado de perseguir ex-mulher

Um fisioterapeuta, de 37 anos, foi preso pela Polícia Civil de Tapurah, após descumprimento de medidas protetivas contra sua ex-companheira, que tinha uma decisão judicial que determinava que ele se mantivesse afastado dela.



Mesmo com medida cautelar desde 29 de outubro do ano passado, o agressor continuou com as ameaças e perseguição da ex. Conforme a apuração da Polícia Civil, ele estava próximo ao local de trabalho da vítima, com a intenção de intimidá-la e também enviava mensagens pelas redes sociais dizendo que iria matá-la. As mensagens também eram enviadas por meio de amigas da vítima com as ameaças.



Diante dos descumprimentos, o delegado representou pela prisão preventiva, que foi deferida pelo juízo da Segunda Vara Criminal de Sorriso. O fisioterapeuta foi encaminhado à delegacia e posteriormente a uma unidade prisional da região.


Fonte Portal Tapurah