Produtividade do milho é novamente reduzida na nova estimativa de safra em Mato Grosso.

A 9ª estimativa da safra 2021/22 de milho, divulgada esta semana, pelo Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) trouxe uma nova perspectiva quanto a área, produtividade e produção do cereal. Desse modo, a área passou a ser estimada em 6,39 milhões de hectares, incremento de 1,17% se comparado com o relatório anterior. Em relação à produtividade, o novo número foi mensurado em 102,10 saca/hectare, recuo de 1,63% ante a divulgação do mês passado.



Quanto as que apresentaram maior queda foram a Oeste, Sudeste e Noroeste com 5,99%, 2,97% e 1,95%, respectivamente. A redução foi pautada pelos impactos da escassez das chuvas que vem ocorrendo desde o mês de abril nas lavouras do Estado, principalmente no que tange as áreas que foram semeadas após a janela ideal de plantio.


O IMEA conclui expondo que, apesar do incremento na área, a queda de 1,70 saca/hectare na produtividade média refletiu sobre a produção estimada, que passa a ser 39,31 milhões de toneladas.


Só Notícias (foto: Só Notícias/arquivo)