Produtividade de soja diminui e Mato Grosso tem novo recorde de produção, aponta IMEA

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) divulgou nova estimativa apontando que a produtividade estimada para safra 2021/22 de soja em Mato Grosso teve decréscimo de 0,71% em relação ao mês passado. Com a colheita de soja do Estado se aproximando do fim, o mês de fevereiro e o clima foram determinantes para uma visão mais clara do cenário de produção.


“Com isso, a produtividade do estado ficou estimada em 59,84 saca/hectare para a safra 2021/22, maior valor da série histórica. Mesmo com a redução na produtividade nas regiões do Estado, todas as estimativas ainda estão acima dos valores registrados na safra passada. Além disso, as regiões norte, centro-sul e médio-norte apresentaram redução na estimativa de produtividade em relação ao mês passado, em função do excesso de chuvas observado no período, projetada em 61,28, 59,31 e 58,01 sacas/hectare, respectivamente. Desse modo, com manutenção da área em 10,92 milhões de hectare, a produção no Estado para a safra 2021/22 ficou estimada em 39,19 milhões de toneladas, configurando também um recorde de produção”, conclui o instituto, no boletim da soja desta semana.

Só Notícias/agronotícias (foto: Só Notícias/arquivo)