PoderData: 1 em 4 eleitores de Bolsonaro agora querem o impeachment

Desmatamento recorde em outubro contradiz discurso do Brasil na COP26

Mara Maravilha e outras apresentadoras infantis: veja como mudaram!


Pesquisa PoderData realizada de 8 a 10 de novembro de 2021 mostrou que 1 em cada 4 pessoas que votaram em Jair Bolsonaro (sem partido) no 2º turno das eleições de 2018 acham hoje que ele deve sofrer um impeachment e deixar o Planalto. São 26% os que votaram em Bolsonaro nas últimas eleições e agora dizem ser favoráveis à sua retirada.



Entre os que votaram em Fernando Haddad (PT) em 2018, são 90% os que defendem o impeachment do atual chefe do Executivo.


Publicidade

A parcela entre os que ajudaram a eleger Jair Bolsonaro se manteve estável desde o levantamento realizado em julho. Já entre os que votaram em Haddad, o percentual foi de 82% para 90%.


A pesquisa foi realizada por meio de ligações para telefones celulares e fixos. Foram 2.500 entrevistas em 412 municípios nas 27 unidades da Federação de 8 a 10 de novembro de 2021.


Para chegar a 2.500 entrevistas que preencham proporcionalmente (conforme aparecem na sociedade) os grupos por sexo, idade, renda, escolaridade e localização geográfica, o PoderData faz dezenas de milhares de telefonemas. Muitas vezes, mais de 100 mil ligações até que sejam encontrados os entrevistados que representem de forma fiel o conjunto da população.


A margem de erro é de 2 pontos percentuais. Saiba mais sobre a metodologia lendo este texto.


O levantamento do PoderData também mostrou que para 33% dos que votaram em Bolsonaro em 2018, seu trabalho como presidente é avaliado como “ruim” ou “péssimo”.