Pesquisa Genial/Quaest: Lula tem 44%; Bolsonaro, 32%; vantagem cai 5 pontos em 3 meses

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) aparece com 12 pontos de vantagem sobre o presidente Jair Bolsonaro (PL) em pesquisa Genial/Quaest divulgada nesta quarta-feira, 3. O petista tem 44% das intenções de voto, ante 32% do atual chefe do Executivo.


Ambos oscilaram dentro da margem de erro — que é de 2 pontos — em relação à rodada anterior do levantamento. O ex-presidente, um ponto para baixo; o presidente, um para cima. Na série histórica, a vantagem do petista sobre Bolsonaro caiu 5 pontos porcentuais em três meses.



Ciro Gomes (PDT) segue na terceira posição e pontuou 5% nesta rodada. Simone Tebet (MDB) e André Janones (Avante) têm 2% cada; Pablo Marçal (PROS), 1%. Os outros candidatos ao Palácio do Planalto não pontuaram.

A pesquisa mostra uma melhora da percepção sobre o governo Bolsonaro, embora a avaliação negativa ainda supere a positiva. A fatia de eleitores que considera a gestão federal ruim caiu de 47%, patamar em que esteve nos últimos dois meses, para 43%, o menor nível desde que a pesquisa começou a ser feita, em julho de 2021. A queda ocorre de forma gradual desde fevereiro, quando o índice era de 51%. Os que consideram o governo bom são 27%.


Ainda segundo o levantamento, Bolsonaro tem a maior rejeição entre os presidentes que buscaram a reeleição desde Fernando Henrique Cardoso (PSDB), em 1998. O tucano chegou ao mês de agosto daquele ano reprovado por 18%; Lula, por 22%; e Dilma, por 24%.


O levantamento foi encomendado pelo banco Genial. Foram consultados 2 mil eleitores entre os dias 28 e 31 de julho. O código de registro na Justiça Eleitoral é BR-02546/22.