Pavimentação da Estrada da Baiana entre Lucas e Tapurah inicia ainda neste semestre

O projeto já está aprovado pela secretaria de Estado da Infraestrutura. Serão pavimentados 74,28 km a partir da BR-163, próximo à Comunidade São Cristóvão, até a entrada da MT-010


Pivetta disse que a intenção é começar a obra no final no período chuvoso. “Através da associação recebemos o projeto, no ano passado, e ele foi estudado e aprovado. Agora, estamos fazendo esse acordo com os municípios e a associação dos produtores da região de influência dessa rodovia para começar essa obra”, disse o vice-governador.



Representando a Associação Intermunicipal dos Produtores e Beneficiários da Rodovia MT-338, o presidente Lair Prediger, destaca que o trecho, além de ser muito usado para escoamento da produção agrícola, também é uma rota mais curta até a capital. “Esse eixo é muito importante. Na parte de produtores, sai muita produção, assim como entra também, os insumos e defensivos. Essa rodovia tem dado muitos custos aos municípios, por isso sentimos essa necessidade de que o asfalto deve sair”, expôs Prediger.

O prefeito Capelleti disse que o momento é favorável para fazer as obras. “As prefeituras estão mais preparadas, o Estado com uma situação financeira boa. Então, a ideia do Pivetta de assumir essa obra é devido ao grande número de licitações de asfalto no Estado é uma facilidade para agilizarmos ela, além de não correr o risco de terceirizarmos o trabalho para uma empresa despreparada”, apontou.



Miguel Vaz analisou que “foi um encontro muito importante para avançarmos nas tratativas. Entendemos a importância dessa estrada para toda nossa região, por isso, nos próximos dias iremos firmar o convênio com o Governo do Estado para a execução dessa rodovia”.