Mato Grosso tem novo recorde no esmagamento de soja

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária informou que, com o adiantamento da colheita no Estado – que conta com 60,47% da área colhida até a semana passada –, o processamento do grão teve aumento de 7,07% ante o mês de dezembro, resultando em 842,10 mil toneladas, maior volume observado no mês na série histórica do instituto.



“Vale ressaltar que em dezembro o indicador também já havia batido o mesmo recorde. Desse modo, com a valorização

da saca de soja no último mês, o complexo da soja acompanhou o ritmo de alta. O preço do óleo apontou acréscimo de 4,03% em janeiro comparativo com o mês anterior, cotado a R$ 7.308,33/tonelada na média, o que favoreceu a operação

nas indústrias”, acrescenta o IMEA.


“Para se ter ideia, a margem bruta de esmagamento registrou alta de 9,24% em janeiro ante a dezembro estimada em R$ 633,73/tonelada. Esse cenário, somado a maior oferta do grão, refletiu no aumento do volume processado no Estado no último mês”, conclui.


Só Notícias/Agronotícias (foto: divulgação/arquivo)