Mais de 50% safra de soja 2021/22 em Mato Grosso foi comercializada, aponta IMEA

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) informou que a comercialização da safra 2020/21 prosseguiu em ritmo lento, exibindo avanço de 0,46 ponto percentual, mês passado, em função da baixa disponibilidade da safra, com 99,29% da produção negociada.



Dentre as regiões, apenas a centro-sul, médio-norte e sudeste ainda não finalizaram seu ciclo de comercialização, e com relação ao preço médio comercializado, houve uma alta de 7,19% no comparativo mensal (R$ 160,22/saca). Na safra 2021/22, 55,23% da produção foi negociada, com o maior movimento no mercado ocorrendo em função da valorização dos contratos da soja na bolsa de Chicago (EUA) em janeiro em meio às preocupações com o clima na América do Sul.


Desse modo, o preço médio negociado exibiu alta de 2,93% no comparativo mensal (R$ 162,32/saca). Para a safra2022/23, o IMEA aponta 12,27% da produção já foi comercializada e, assim como na 21/22, o incremento de 1,47% no

preço médio negociado (R$ 153,85/saca) impulsionou o avanço das vendas em 3,47 ponto percentual no mês passado.