Lula lidera com 44% e abre 14 pontos de frente; Bolsonaro crava 30% na Capital do agro

Se as eleições gerais fossem realizadas hoje, o ex-presidente Lula (PT) venceria com folga a disputa nos 13 municípios que formam a chamada Baixada Cuiabana. Na pesquisa estimulada da Percent, o ex-presidente alcançou 44%, contra 30,2% de Bolsonaro e 6% de Ciro Gomes (PDT).


Na modalidade espontânea, quando não se apresenta nenhum nome aos entrevistados, Lula vence novamente por 38,8% contra 27,3% de Bolsonaro. Neste quadro, o ex-governador do Ceará, Ciro Gomes, alcançou 3,8%. Os indecisos somaram 20,8%.

A Percent mediu ainda a rejeição dos presidenciáveis. Os eleitores do ‘Vale do Rio Cuiabá’ apontaram o presidente Bolsonaro como o nome mais rejeitado, com 45,3%. Já 27% dos entrevistados disseram recusar Lula, e 3,5% Ciro Gomes.



Segundo o pesquisador Ronye Steffan, proprietário da Percent, Lula ganhou terreno nos últimos meses, principalmente em Cuiabá e Várzea Grande, por conta da boa lembrança que as pessoas guardam do seu Governo. Ronye disse ainda que o impacto da inflação na mesa do trabalhador é o principal fator de aumento na rejeição ao presidente, Bolsonaro.

“Desemprego, inflação alta e carestia dos alimentos e combustíveis pesaram muito contra o atual presidente. Se ele não reverter a grave crise econômica que assola as classes C, D e E, muito provavelmente, segundo os meus números, ele vai perder a eleição para o Lula em todas as cidades da Baixada Cuiabana”, explicou Ronye.

Metodologia


A Percent aplicou 800 entrevistas presenciais entre os dias 27 de junho e 1º de julho em 13 cidades da Baixada Cuiabana. A margem de erro é de 3,46% para mais ou para menos. Como determina a legislação eleitoral em vigor, a pesquisa foi devidamente registrada junto ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE), sob o número BR-02334/2022.