Lula amplia vantagem e venceria Bolsonaro por 55% a 30% no 2º turno, diz pesquisa

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva venceria com 55% dos votos um eventual segundo turno contra o presidente Jair Bolsonaro, que teria 30%, se a eleição fosse hoje, segundo a pesquisa PoderData.



O levantamento foi publicado nesta quarta-feira (1º) pelo Poder360. Entre os entrevistados, 10% afirmaram que votariam em branco ou nulo e 5% disseram que não sabem.


Lula ampliou a vantagem em relação a Bolsonaro em comparação a pesquisa realizada no início de agosto, a diferença era de 20 pontos. O petista venceria Bolsonaro em todas as regiões do Brasil, exceto no Sul, onde há um empate técnico, pois a diferença é de 2 pontos percentuais, mesmo valor da margem de erro da pesquisa.


No primeiro turno, Lula também lidera a disputa eleitoral com 37% das intenções de voto. Bolsonaro aparece logo em seguida com 28%. A pesquisa testou os nomes de outros presidenciáveis para as eleições de 2022.


Ciro Gomes (PDT) aparece em terceiro e tem 8%; o ex-ministro Henrique Mandetta (DEM) conseguiu 5%; o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), têm 4% cada um; já o jornalista José Luiz Datena (PSL) tem 3%. Os que declararam que votos brancos e nulos somam 8%, e os que não sabem são 3%


A pesquisa foi realizada entre 30 de agosto e 1º de setembro de 2021 pelo PoderData, a divisão de estudos estatísticos do Poder360. Foram 2.500 entrevistas em 472 municípios nas 27 unidades da federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos.