Licitação para pavimentar 27 km de rodovias das MTs 010 e 488 atrai 9 empresas

O setor de licitações da secretaria estadual de Infraestrutura realizou a sessão pública para abertura das propostas das empreiteiras interessadas em assumir a obra de pavimentação das MTs 010 e 488, em Tapurah. Nove empresas participaram do certame e a proposta mais vantajosa foi de R$ 24,7 milhões.



A licitação foi realizada na modalidade regime diferenciado de contratação, com critério de julgamento por menor preço. Ou seja, caso o procedimento seja homologado sem alterações, a obra será executada pelo valor de R$ 24,7 milhões, cerca de R$ 1 milhão a menos que o previsto pelo governo do Estado no edital.



A secretaria de Infraestrutura definiu que o primeiro trecho, na MT-010, terá extensão de 6,8 quilômetros e vai da ponte do Rio Arinos até o entroncamento com a MT-388. Já o segundo trecho, na MT-488, terá extensão de 20,8 quilômetros e fica entre Nova Maringá e Tapurah.


No total, a pavimentação terá uma extensão total de 27,6 quilômetros. Após a emissão da ordem de serviço, o prazo de execução dos serviços contratados será de 540 dias consecutivos, conforme previsto no edital.


A pavimentação das rodovias foi anunciada em agosto do ano passado, quando o governador Mauro Mendes assinou com o prefeito, Odair Nunes, o termo de cooperação para as obras, facilitando a ligação de Tapurah em direção a Nova Maringá e possibilitando o acesso à BR-163.



Nesta parceria, a prefeitura fará a execução de serviços complementares, como terraplanagem, recomposição ambiental e sinalização das vias, por exemplo. Neste modelo de cooperação não há repasse de recursos financeiros.



O secretário de Infraestrutura de Logística, Marcelo de Oliveira, explicou que a pavimentação é um ganho fundamental para o desenvolvimento da região, que está em crescimento devido às grandes áreas de cultivo – e que ainda precisava enfrentar os percalços logísticos causados por uma rodovia não pavimentada.



“A partir dessa cooperação vamos poder realizar essa obra, que é mais um investimento que fazemos nessa região que está em expansão. Com essa obra de pavimentação, aliada aos projetos em análise que futuramente se tornarão obras, vamos interligar Tapurah em direção a Nova Maringá, onde estamos com obras de pavimentação de 81 quilômetros da MT 492/249 até São José do Rio Claro. Ou seja, estamos interligando essas grandes áreas produtivas e em desenvolvimento até a BR-163”, disse na ocasião.



Só Notícias/Herbert de Souza (foto: arquivo/assessoria)