INDEA prorroga campanha de vacinação contra febre aftosa em Mato Grosso

A segunda etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa foi prorrogada em Mato Grosso e os produtores têm até o próximo dia 10 deste mês para vacinar o rebanho. A prorrogação foi comunicada pelo Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso, hoje.



Devem ser vacinados todos os bovinos e bubalinos até 24 meses. Além desses, algumas propriedades do Baixo Pantanal também devem realizar a vacinação que, neste caso, compreende o rebanho em todas as faixas etárias. Por isso, nesses locais, a imunização segue até o dia 15 de dezembro.


De acordo com o Indea, o estoque de mais de 4,1 milhão de doses seria suficiente para a conclusão da etapa, porém, atrasos na distribuição e a falta de vacina em alguns municípios provocaram a prorrogação. O maior prazo será suficiente para que produtores rurais concluam a campanha de vacinação.


Após a imunização do rebanho, a vacinação deve ser informada ao INDEA e essa comunicação pode ser realizada de modo remoto via módulo do produtor, no site do Indea. No caso dos bovinos e bubalinos com idades de 0 a 24 meses, o prazo de comunicação da vacinação vai até 10 de dezembro, último dia de imunização.


Já as propriedades do Baixo Pantanal devem comunicar a vacinação também até o último dia da campanha de imunização que, neste caso, é em 15 de dezembro. A Associação dos Criadores de Mato Grosso reforça que o produtor deve ficar atento aos prazos, pois a não vacinação, ou a não comunicação, são passíveis de multa.




Redação Só Notícias (foto: assessoria/arquivo)