''Fracasso'': oposição diz que ato pró-Bolsonaro ficou abaixo do esperado

O ato a favor do presidente Jair Bolsonaro neste 7 de Setembro reuniu pessoas de todo o país em Brasília. Desde o fim de semana caravanas chegam à capital e apoiadores até acamparam no aguardo da manifestação.



A Polícia Militar e os organizadores não divulgaram estimativa de público. Porém, nas redes sociais, opositores do governo apontam que público nos movimentos foi muito abaixo do que o esperado.


A Polícia Militar tinha divulgado a expectativa de 100 mil pessoas nos atos. Ao Valor Econômico, uma fonte teria dito que os atos só conseguiram reunir 5% do esperado pelos organizadores.


Pelas redes sociais, opositores afirmaram que as imagens mostram que o público foi inferior ao esperado. "Apesar da tentativa de inflar as manifestações bolsonarista contra a democracia, com caravanas financiadas vindas de diversos Estados do Brasil, o ato em Brasília frustrou organizadores", escreveu o senador Rogério Carvalho (PT-SE).


"Não retira a gravidade dos pedidos antidemocráticos e da ameaça de golpe, mas em Brasília e centenas de cidades do Brasilz foi um fracasso. Seu público cativo, radicalizado, cada vez mais isolado do sentimento da sociedade", disse Erika Hilton, presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara de São Paulo.


"As imagens mostram que o ato bolsonarista em Brasília foi um fracasso de público. Semanas de mobilização e ainda assim a Esplanada está cheia de espaços vazios.


A verdade é que Bolsonaro está cada vez menor, como mostram todas as pesquisas", opinou Monica Benício (PSol), vereadora do Rio de Janeiro e viúva de Marielle Franco.


O cientista político Christian Lynch também apontou que as imagens mostram pouco público. "Não deu mesmo nem 40 mil. Flopou mesmo em Brasília", disse.