Datafolha aponta vitória de Lula no 1º turno

Se a eleição presidencial fosse hoje, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceria no primeiro turno, de acordo com a pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira. Ele manteve os mesmos 47% do levantamento anterior, enquanto o presidente Jair Bolsonaro (PL) passou de 28% para 29%, dentro da margem de erro de dois pontos. Entretanto, Lula tem cinco pontos a mais que a soma dos adversários: além de Bolsonaro, Ciro Gomes (PDT), com 8%; Simone Tebet (MDB), com 2%; e André Janones (Avante), Pablo Marçal (PROS) e Vera Lúcia (PSTU), com 1% cada.



A reprovação de Bolsonaro chegou a 48%, o pior nível de um presidente concorrendo à reeleição nesse ponto da campanha já registrado pelo Datafolha, embora menor que os 53% registrados em dezembro do ano passado. Chamou a atenção na pesquisa que Lula subiu quatro pontos, de 44% para 48%, na preferência dos homens, enquanto Bolsonaro saltou de 21% para 27% entre as mulheres. Num eventual segundo turno, o petista venceria o presidente por 57% a 34%. (Folha)


Lauro Jardim: “O dia D do calendário eleitoral para as campanhas de Lula e de Bolsonaro é um só: 9 de agosto, data em que começa a ser pago o Auxílio Brasil turbinado de R$ 400 para R$ 600. O QG de Bolsonaro espera que comece aí o momento da virada nas pesquisas. O de Lula, por sua vez, quer trabalhar a comunicação do partido para mostrar que nada disso altera de fato a situação econômica do brasileiro.” (Globo)


Enquanto isso... Em evento na Confederação Nacional dos Transportes (CNT), Lula disse que talvez seja necessário deixar de lado uma reforma tributária ampla. “Quem sabe a gente pega os pontos cruciais e, ponto por ponto, a gente consiga fazer com que aconteça no Brasil um modelo de tributação que possa satisfazer a todos”, argumentou. (Terra)