Colheita de milho está adiantada em Mato Grosso, constata instituto

Mato Grosso colheu 16,22% da área estimada para a safra 2021/22 de milho, avanço de 10,24 pontos percentuais ante a semana passada e um adiantamento de 14,29 pontos percentuais se comparado com o mesmo período da safra anterior. A região Médio-Norte lidera a colheita com 17,95%, seguida da Noroeste, com 16,75%, e a Sudeste, com 16,61%. A informação é do IMEA (Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária), no boletim divulgado ontem.



Assim, o ritmo adiantado dos trabalhos é influenciado pela antecipação da semeadura e colheita da soja em algumas regiões, que veio a beneficiar o adiantamento do plantio do milho em relação às safras anteriores. “Cabe destacar que, por ora, as

precipitações observadas em alguns municípios produtores não vieram a prejudicar o avanço da colheita e a qualidade do milho. Apesar dos cenários positivos de produtividade nas áreas já colhidas, algumas regiões, como a centro-sul e a oeste, tiveram parte das áreas semeadas fora da janela ideal e estresse hídrico nos meses de abril e maio, que pode vir a impactar na produtividade das lavouras conforme o avanço da colheita”, acrescenta o instituto.


Só Notícias (foto: Só Notícias/Lucas Torres/arquivo)