Colheita da soja em Mato Grosso termina na primeira quinzena de abril e é a mais adiantada

A colheita entra na reta final, com trabalho concluído em 99,6% da área que foi plantada, e a safra atual se consolidou como a mais adiantada de toda a série histórica, constatou o IMEA (Instituto Mato-grossense de Economia agropecuária), no boletim semanal da soja.


Um dos principais fatores que colaborou para esse recorde foi o clima favorável durante o período inicial da safra, que contou com a antecipação das chuvas e auxiliou no processo de semeadura do grão. Com relação aos rendimentos semanais, quando comparado ao mesmo período do ano passado, o acréscimo observado foi de 1,15 saca/hectare na média estadual, que ficou estimada em 58,52 saca/hectare.



“A região com maior destaque nos rendimentos até o momento foi a Sudeste, que registrou um incremento de 4,78

saca/ha, enquanto a região Centro-Sul apresentou uma queda de 1,29 saca/ha, no mesmo comparativo. Por fim, é esperado que a colheita seja finalizada no Estado na primeira quinzena de abril”, conclui o instituto.


Só Notícias/Agronotícias (foto: Só Notícias)